Children, puberty and bad breath

Crianças, puberdade e mau hálito

Crianças, puberdade e mau hálito

Não são só os adultos que são atingidos pelo mau hálito – pode acontecer também às crianças e adolescentes. A causa do mau hálito nos jovens é geralmente a acumulação de placa bacteriana resultante da deficiente higiene oral. A placa bacteriana é uma camada fina e incolor de bactérias que tende a desenvolver-se entre os dentes e sobre a língua, produzindo gases sulfurados com mau odor, que podem ser confundidos com mau hálito. Alguns alimentos e bebidas também podem causar mau hálito nas crianças e adolescentes. Por exemplo, as crianças podem desenvolver mau hálito por ingerirem muito leite e outros produtos lácteos. Os rebuçados com açúcar, a respiração pela boca e a amigdalite também podem contribuir para o mau hálito nas crianças.

Causas do mau hálito na puberdade

O corpo das crianças sofre muitas mudanças durante a adolescência e algumas delas podem afectar o hálito. Da mesma forma que as flutuações dos níveis hormonais causam muitas vezes gengivite e mau hálito durante a gravidez, também podem afectar a boca do adolescente e promover a formação da placa bacteriana. O tabaco, a alimentação e os refrigerantes açucarados são outros factores que contribuem para o mau hálito durante a adolescência. As raparigas também podem ficar com as gengivas inchadas, a sangrar ou inflamadas quanto começam a ter o período ou a tomar a pílula, o que, por sua vez, pode provocar mau hálito.


Como prevenir o mau hálito nas crianças e adolescentes?

A adolescência pode ser difícil por muitas razões, mas o mau hálito não tem de ser uma delas. Os pais podem ajudar a prevenir o mau hálito nos filhos, ajudando-os a criar hábitos saudáveis desde muito cedo e a manter a saúde oral durante a puberdade. Encoraje o seu filho a fazer uma alimentação saudável e, se necessário, reduza os produtos lácteos. Faça-o acabar as refeições com uma peça de fruta que tenha de mastigar para ajudar a retirar os restos de comida e ponha um travão aos doces. Terá de ajudar os seus filhos a escovar os dentes até eles serem capazes de o fazer correctamente sozinhos, normalmente por volta dos 7 anos. Deve também levá-los aos dentista ou higienista para fazerem uma revisão e para uma limpeza profissional, pelo menos uma vez por ano.