Toothpaste

Pasta de dentes

Pasta de dentes – uma componente vital da sua higiene oral

A pasta de dentes é uma substância suave que ajuda a remover os restos de comida e a placa dos seus dentes, e é essencial para uma boa higiene oral. Basicamente, a pasta de dentes reforça o papel de limpeza da escova de dentes. Há muitas variedades de pastas de dentes mas, na sua maioria, combinam o flúor, que reforça o esmalte dos dentes e combate as cáries, com outros ingredientes que previnem a formação da placa bacteriana, o tártaro e a doença das gengivas. Para optimizar o efeito da pasta de dentes, é importante utilizar uma técnica eficaz de escovagem dos dentes.

Ingredientes da pasta de dentes

As fórmulas das pastas de dentes variam mas, na sua maioria, contêm os seguintes ingredientes básicos: 

  • O flúor reforça o esmalte dos dentes e previne as cáries. É o ingrediente activo da maioria das pastas de dentes.
  • A água impede que a pasta de dentes seque.
  • Os aglutinantes estabilizam a pasta de dentes e impedem a separação dos ingredientes sólidos dos líquidos. Geralmente contêm celulose mas, por vezes, também se utilizam gomas naturais, colóides de algas marinhas e colóides minerais.
  • Os humectantes, como o glicerol, propileno, glicol e sorbitol, mantêm a pasta de dentes húmida e suave.
  • Os abrasivos, geralmente à base de giz ou sílica, removem os restos de comida e as manchas dos dentes. A quantidade de abrasivos presente nas pastas de dentes varia consoante a marca mas, em geral, é preferível utilizar uma pasta de dentes com abrasivos suaves, pois quantidades elevadas de abrasivos podem danificar o esmalte e tornar os dentes sensíveis.
  • Os agentes aromatizantes e corantes são utilizados para dar um sabor e um aspecto agradável à pasta de dentes. A menta e a hortelã-pimenta são sabores comuns das pastas de dentes. Muitas delas contêm também sacarina, stevia, xilitol ou outros adoçantes que não contribuem para a formação de cáries.
  • Os conservantes são adicionados para prevenir o desenvolvimento de bactérias na pasta de dentes. Alguns dos conservantes mais comuns são álcool, benzoato, e formaldeído e parabenos.
  • Os detergentes criam espuma e soltam a placa. Os detergentes mais comuns são sulfato de lauril de sódio e sódio lauroilsarcosinato.

Diferentes tipos de pastas de dentes

Existe uma enorme variedade de pastas de dentes no mercado, todas elas dirigidas para diferentes necessidades. Por exemplo, há pastas de dentes com sabores específicos para agradarem às crianças. Outras contêm abrasivos mais fortes e o seu público-alvo são os fumadores, que tendem a ter manchas nos dentes. Tem gengivite, problemas com o tártaro ou gengivas sensíveis? Também há pastas de dentes especiais para isso. Algumas marcas combinam várias propriedades, apresentando-se como um produto “tudo-em-um”. Fale com o seu dentista ou higienista, se não tiver a certeza de qual a melhor pasta de dentes para si. Seja qual for a pasta de dentes que escolher, o importante é associá-la a uma rotina regular de utilização do fio dental. Um elixir eficaz também pode ajudar a controlar as bactérias da sua cavidade oral e a prevenir o mau hálito